terça-feira, 18 de fevereiro de 2014




Eu queria poder entender melhor a mente e o coração humano. Uma hora quer, outra hora brinca, uma hora demonstra, na outra fingi que nada senti, que nada acontece. E a cada passo que dou, continuo sem entender pra onde vou com tudo isso. É tão mais fácil ir adiante com um objetivo, é tão melhor se permitir quando já há algo concreto. Pra quê tantos arrodeios?
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.