terça-feira, 23 de dezembro de 2014




Os olhos brilham, e o corpo treme. Sinto a minha boca salivar, percebo que o seu gosto não saiu da minha boca. Imagino o ouriçar de cada pelo, passeando por cada canto. É perceptível a mudança da temperatura do meu corpo. Ouço em meus ouvidos o seu sussurrar, o seu gemer, o seu gritar. Me olha, como se fosse me comer com aqueles lindos olhos. Vejo o quanto te desejo. As sensações que seu corpo provoca em mim, me faz devanear e só assim eu percebo, que nada passa de um desejo e que de mim, você se foi.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.