terça-feira, 29 de abril de 2014



Há momentos, há lembranças...
Tudo vai embora com um tempo. Porém, as marcas sempre permanecem. As cicatrizes das noites de sofrimento, as dores dos momentos. O caminho que foi percorrido, ainda possuem as suas marcas. A chuva que cai ainda lembra os momentos que as lágrimas percorreram seu rosto. Os raios de sol me mostram por onde eu passo o seu sorriso. Mas, eu ainda não consigo enxergar, de onde o fio se partiu. Sinto-me como um pássaro de asas machucadas. Sem pouso, sem fôlego, sem esperanças, sem acreditar que um dia voarei e que por um acaso nos encontraremos mais uma vez. De tudo, ficaram apenas as lembranças...
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.