terça-feira, 1 de julho de 2008





Porque? Porque eu tenho medo! Medo de tudo, medo de todos. Tenho medo do que sinto. Medo do que vejo, medo do que falo, medo do que penso, medo do que pego, medo do que respiro. Medo da escuridão do meu ser, da escuridão em um abrigo sem fim. Medo de errar novamente, medo de amar a pessoa errada. Medo de simplesmente quebrar a cara! Medo de tentar, medo de correr, de andar, medo de pular, medo de me expressar, de virar. Tenho medo daquilo que encaro no meu dia-a-dia, posso parecer forte, mas na verdade não sou. Sabe aquele escuro frio? É nele que estou! Em busca da luz do dia pra simplesmente brilhar! Amo as estrelas, mas tenho medo delas, amo o luar mas, também tenho medo! Tenho medo de quem eu posso confiar!
Medo desse mundo sangrento, com um simples medo de nunca melhorar. Não sei onde vou parar com isso. Mas o que posso fazer se choro toda noite com medo do que mais posso enfrentar? Que culpa tenho eu, de não poder sentir aquilo que todos sentem? Se um dia tudo desmoronou na minha frente, não foi pelo fato de não ter você. Mas pelo fato de você existir! Por isso tenho medo até da minha sombra. Mas o meu choro ele se escorre por todo meu corpo tentando encontrar a confiança em meu ser...
E o medo cada vez mais toma conta de mim.
Reações:

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.